segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Reflexão: como cristãos fervorosos podem defender a pena de morte?

Nos Estados Unidos, quanto mais conservadora é uma pessoa, mais fervorosa ela é na fé cristã e, também, mais favorável à pena de morte.
Isto me intriga. Cristãos não acham que os mal-feitores arderão nas profundezas do enxofre pela eternidade? O tempo de vida no mundo dos vivos não é apenas uma parte muito pequena se comparada à eternidade? Por que acelerar o processo? Seria falta de fé na justiça divina?

Um comentário:

CaroL disse...

Eu já vi várias respostas para essa pergunta. Todas são péssimas. Então cheguei à conclusão de que não adianta continuar perguntando, porque não adianta apontar a contradição.

E mais, nos EUA, como maioria protestante, eles costumam levar bem a sério a interpretação pessoal - e bem convenientemente pessoal - de todos os textos religiosos. Tanto do lado conservador como do liberal.

Como vc e eu somos intrinsecamente liberais (não economicamente, I know), achamos ótimo quando certas igrejas lá celebram casamentos homossexuais. Mas detestamos quando apóiam a pena de morte.

Então, sei lá, desisti de entender.